facebook-reactions

Facebook: Como o botão reactions pode afetar nas métricas

Facebook

possui  um algorítimo chamado EdgeRank que impacta diretamente no alcance das postagens que você faz definindo a relevância que essas postagens possuem.

Se você não sabe o que é essa ferramenta, te damos uma breve explicação antes de aprofundarmos no assunto: O EdgeRank é um critério para avaliação de tudo que é postado na página e seu impacto sobre a audiência. É baseado nele por exemplo, que o Facebook determina o que deve ou não ser exibido no Feed de Notícias dos fãs da página.

Segundo informações disponibilizadas pela própria central de ajuda do Facebook esses novos botões de reação terão o mesmo peso que a “curtida” tradicional, o que significa que a contabilização desses novos botões será diferente do que ocorria antes com o algorítimo onde cada opção (curtir, compartilhar, comentar) tinham pesos diferenciados.

O Facebook ainda está testando esses botões, mas o que sabemos é que até então eles influenciam os anunciantes da seguinte forma:

  • As métricas que são relacionadas ao botão de “curtir” também passam a abranger os botões de “reação”, no entanto não é possível ver os dados das reações individualmente;
  • A única forma de ver esses dados separadamente é através do Facebook Insights;
  • Como já mencionado o peso das reações é equivalente ao peso de uma curtida, por exemplo: O botão de “triste” possui o mesmo peso que o botão “curtir”;
  • Você não pode remover uma reação após utiliza-la, assim como a opção “curtir”.

Você tem um motivo para se preocupar:

Apesar de em proporções de anúncios, investimentos e criação de campanhas e, as alterações ainda demonstrarem pouca influência, em termo de conteúdo e alcance temos que levar em consideração um fator importante

O fato é que essas expressões são expressões de valores distintos. Existe uma diferença entre a expressão de “raiva”, a expressão de “triste” e a expressão de “amei”.

Se os usuários podem expressar variedades de sentimentos deveríamos ser capazes de ter métricas com pesos distintos para esses sentimentos. Para que você entenda melhor irei dar um exemplo prático:

Tal empresa faz uma determinada postagem e recebe várias curtidas. Curtidas são retorno positivo, logo, essa empresa resolve impulsionar esse post para conseguir mais resultados. Agora imagine esta mesma empresa, fazendo o mesmo post porém recebendo várias reações de “raiva”. Esse retorno é negativo, porém, como o peso é considerado igual e as métricas não são claras eles resolvem impulsionar esse post, afinal, as métricas de curtidas então boas. Só que ao fazer isso ao invés de atraírem resultados positivos estão atraindo resultados negativos.

Acredito que após a fase de testes a questão das métricas melhore, mais até lá, é bom ter atenção para não errar na hora de fazer impulsionamento.

Atenção às métricas:

A novidade dos botões de reação é um avanço para a usabilidade do Facebook, apesar de ainda não podermos dizer o mesmo da mensuração disso. Enquanto muitas respostas ainda não nos foram reveladas o jeito é ficarmos mais atentos com o que já conhecemos.

Mensurar métricas são cruciais para o seu sucesso na Internet, por isso você deve fazer isso regularmente.  A dica é ficar de olho na diversidade de reações que seus posts irão receber através dos dados de alcance individuais de cada postagem.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *